My Weblog

Just another WordPress.com weblog

Teatro X As mazelas do país

Posted by petlenep em maio 6, 2006

Fui me perfazer no teatro. Bem, ao teatro eu já estava indo com o Market, aqui mesmo em Rio das Ostras. Mas é que fui assistir peça com ator Global, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Embora seja tudo peça de teatro, do mesmo jeito, a coisa tomou outra proporção. Era aniversário da madame e a peça era “Cada um com seus probrema”, monólogo estrelado por Marcelo Médici, o açogueiro Fladson da novela Belíssima.

Pô, o cara é figuraça. Eu e Cesim viramos fã dele após termos visto uma entrevista sua (não sua, meu leitor, dele) no Jô Soares. Ele tem a platéia nas mãos. É uma excelente comédia. E olha que esta crítica está sendo feita por um cara que tem andado 90% de seu tempo de mau-humor. De quebra ainda pude ver a atriz Sônia Braga, a eterna Gabriela de Jorge Amado. E olha que há dias em que o negócio está mais movimentado ainda. A quem interessar possa, a peça ainda estará neste mês de maio lá, no teotro Leblon, Sala Marília Pera, às sextas, sábados e domingos.


Mico da semana #1: Garotinho foi alvo de profunda investigação por parte da Revista Veja, edição 1954, 03 de maio de 2006, que encontrou diversas irregularidades na fase de pré-campanha do ex-governador. A revista atribui a Garotinho o que chamou de 7 pecados capitais da política:
  • POPULISMO;
  • INTERVENCIONISMO;
  • IRRESPONSABILIDADE FISCAL;
  • IRRESPONSABILIDADE ADMINISTRATIVA;
  • CORRUPÇÃO;
  • FRAUDE ELEITORAL;
  • FALSIDADE IDEOLÓGICA;

Após a descoberta dessa montanha de irregularidades o pré-candidato à presidência, ao invés de vir a público esclarecer as histórias, resolve fazer uma greve de fome em protesto à imprensa que o persegue. Seria até risível, se não fosse esse mesmo retrógado que governasse o nosso estado pelos últimos 8 anos.

– Ô, Anthony, greve coisa nenhuma. Explica porque é que você só faz negócios com gente que está envolvida em escândalos.

Mico da semana #2: O presidente boliviano Evo Morales nacionaliza as refinarias de gás da Bolívia, dando prejuízos de quase 1 bilhão de dólares à PETROBRAS (isso mesmo, você não leu errado. Eu escrevi BI mesmo) no que diz respeito à refinaria, além de mais de 2 bilhões de dólares já investidos no polêmico gasoduto pra trazer a referida riqueza. Alegação do nosso presidente quando esse índio roubou nossa riqueza investida em terras extrangeiras: “Ah, eles tem o direito de reinvindicar a riqueza deles”. E o nosso dinheiro público investido lá, que ele mandou confiscar com o exército armado de fuzis, presidente? Quando a PETROBRAS (veja o detalhe, no alto da foto) investiu dinheiro em tecnologia, quando deu emprego a eles, tudo bem. Agora, que a empresa produzia riqueza pagando impostos, da mesma forma como tantas outras fazem aqui no Brasil, o cara aponta uma arma pra nós e diz simploriamente que está nos roubando.


Ah, quer saber? Quem quiser acesso às reportagens da Veja, o código até dia 15 de maio é: SANTO AFONSO. A reportagem do escândalo de Garotinho é de semana passada. Sobre a refinaria da Petrobras na Bolívia é a desta semana. O código dá acesso a essas revistas (além de muitas outras) até o dia 15 de maio.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: