My Weblog

Just another WordPress.com weblog

Pô, Fenômeno!!!

Posted by petlenep em abril 29, 2008

Que-que-isso? A piada do dia aqui na firma é a galera zuando com a cara do Ronaldo. Putz, o camarada entrou numa de fazer uma festinha com 3 travestis. Porra, seu trouxa Como assim, Ronaldo? E sua fase com Susana Warner (Werner), Cicarelli, Raica e, segundo as más línguas, até Sabrina Sato e Fernanda Lima? Decidiu trocar de time, mermão?

Ronaldo está sendo acusado de não querer pagar pelo programa e de ter consumido drogas. Na boa, É ÓBVIO que eu não acredito que ele fez isso. Primeiro porque ele tem muito dinheiro. Segundo que, se quisesse usar drogas, ele iria se abrigar atrás dos muros dos condomínios fechados dos bacanas. Eu até acho que ele não usa, mas se quisesse usar, não ia dar um mole desses. Parece-me bem lógico que ele entrou numa fria pra morrer num $$$.

Mas o fato é que o nobre botou dentro do carro dele um baita dum traveco. E parece que chegaram mais 2 depois. Pô, Ronnie, 3 mulheres-do-Paraguai? 3? Num tem nem como negar. Um deles pegou até o documento do carro do fanfarrão, além de ter gravado um pequeno vídeo no celular. Pagou mó micão, hein, Fenômeno?

PS: O caboclo tava ainda com a mesma blusa em que foi visto no jogo de domingo, no Maracanã. Além de tudo é mei-sujim também, né?

Posted in fenômeno, mico, ronaldo, traveco | Leave a Comment »

Revolta Popular – o caso Isabella

Posted by petlenep em abril 22, 2008

Ok, o crime foi hediondo. Doloso, ou seja, com intenção de matar. Triplamente qualificado (impossibilidade de defesa da vítima, motivo torpe e cruel). Teria sido bárbaro se tivesse sido cometido por uma pessoa estranha à criança. Fica pior ainda quando todas as evidências técnicas apontam para o envolvimento do pai e da madrasta da menina.

Eu não vou comentar se acho o casal culpado ou não. Toda a imprensa do país (rádio, jornal, tevê, internet) já está fazendo isso. Eu queria entender é a vontade dos populares de perseguir os suspeitos e seus parentes. Já há pessoas fazendo plantão na porta dos parentes onde o casal está refugiado, para poder ofendê-los ou agredi-los. (Veja mais)


Na boa, isso já está na mão da polícia. Quase 100% de certeza de quem são os culpados. Eu sei, eu sei, que o crime foi bárbaro, mas por que reagir a esse ponto violento de justiça-com-as-próprias-mãos? Por que que cada pessoa que faz plantão lá, não canaliza essa energia para estudar, fazer um curso e mudar de vida?

Eu entendo se solidarizar e se comover com o caso. Mas esse tipo de perseguição, eu sou contra. Na boa, toda essa agressividade que se esconde, covardemente, atrás do anonimato da multidão não vai trazer a menina inocente de volta. Minha vontade era falar: “- Vão lavar uma louça!!!”

Posted in caso isabella, violência | Leave a Comment »

Macaé Waterworld

Posted by petlenep em abril 17, 2008

Cidade desenvolvida? Capital nacional do petróleo? Porra nenhuma Nada disso. Macaé continua a ser uma cidadezinha de interior. Mesmo abrigando o centro nervoso da maior empresa deste país e mesmo tendo recebido R$ 155.054.573,48 entre royalties (Lei nº 9.478, Art. 47) e Participação Especial (Decreto 2.705/98 – Art.21º) apenas no primeiro trimestre de 2008 (Ver detalhes na página da ANP), Macaé continua a ter sérios problemas de infra-estrutura.

Esta é a entrada da Unidade Parque de Tubos da Petrobras, em Macaé, ontem. Repito, não é a porta de qualquer botequim, é a entrada da Petrobras. Na boa, se o município não tem o básico de infraestrutura, o que é que a prefeitura faz com tanto dinheiro? É melhor nem saber a resposta…

Só pra fechar o desabafo, tem muita gente achando que Macaé é o oásis no deserto, onde emprego e oportunidades estão disponíveis para quem quiser. É claro que a cifra mencionada acima nos leva a pensar isso. Mas porque então Macaé não está entre as cidades que mais geram empregos no país? Ou melhor, com tanto royalties na região, porque que município nenhum da Bacia de Campos está nesta lista?

Posted in Uncategorized | Leave a Comment »

Beleza Pura

Posted by petlenep em abril 15, 2008


Como assim? Eu li que a nova Miss Brasil fez plástica no nariz, lipoaspiração, retirou costela pra ficar com cinturinha de pilão e refez os dentes com porcelana. Ainda não contente, ela teria silicone nos seios e na bunda, hu-hhummm,… nos músculos glúteos.

Assim, pô, ainda bem (para ela) que pelo menos ela ganhou o concurso, né? Imagine todas as outras que se deformaram, se mutilaram para ficarem bonita(?) e ainda vão sair de mão abanando?

Na boa, pra mim, parece um traveco.

Posted in Uncategorized | Leave a Comment »

Barrados nOs Produtores

Posted by petlenep em abril 9, 2008

Eu assisto ao Pânico na TV. Já era ouvinte do programa por influência do meu irmão. Gosto do humor deles, embora eu mesmo me questione sobre até que ponto eles podem debochar de alguém em cadeia nacional.

Neste último domingo (06/04/08) eles exibiram uma matéria com o ‘Vesgo’ e o ‘Sílvio’. Eles brincavam com os artistas que foram ao espetáculo Os Produtores, adaptação brasileira para o teatro, baseada num filme de Mel Brooks, estrelada por Miguel Falabella, Juliana Paes e Vladimir Brichta. Só que a brincadeira começou a azedar quando eles tiveram a idéia de dar um ingresso da peça (ao custo de R$ 100,00) a um catador de latas, que passava pelo teatro. Estava armado o cenário para mais uma polêmica.

Mesmo com o caro ingresso na mão, o trabalhador humilde estava sendo barrado na entrada do espetáculo (que, segundo não me engano, estava estreando temporada no Rio de Janeiro). Confusão, bate-boca, empurra-empurra e a cena de discriminação era gritante. Segundo a direção da casa, o homem não estava trajado adequadamente para o evento. Pois bem, deram calça e blusa bonita para o camarada e o mesmo adentrou no teatro. Só que os ‘repórteres’ descobriram que Ivair Souza, o catador em questão, havia sido arbitrariamente retirado da sala da espetáculo. Além disso, foi agredido e mantido encarcerado nas dependências do teatro até o conhecimento dos ‘repórteres’, que acionaram a polícia. E lá vão todos para a delegacia.

Discriminação. Danos morais. Agressão. Cárcere privado (vulgo, seqüestro). Tudo registrado e veiculado numa emissora de televisão. Pois bem, logo pensa-se que a vítima desses mal-tratos ficará rico após fazer um acordo judicial com a casa de espetáculos. Mas nada disso. A polícia concluiu que foi tudo motivado pelo programa Pânico e encerrou em pizza o episódio. Fui dormir domingo com um nó na garganta. Indignado.

Ontem, quarta-feira, fui assistir à peça Balaio de Gatos da humorista Fabiana Karla (feijoada pode!!!), aqui mesmo em Macaé. Me surpreendi em alguns momentos, olhando por cima do ombro, pra ver se algum segurança me retiraria da sala. Confesso que não aproveitei 100% da peça.

Posted in Uncategorized | Leave a Comment »

Work Man II

Posted by petlenep em abril 1, 2008

A vidinha mais ou menos continua. Acorda todo dia 6:30h, o que já me dá um orgulho pessoal por conseguir fazê-lo. Deus o sabe o quanto isso me custa. Vou pro trabalho, trabalho, vou pra casa e acabou o dia. Sem muita alteração nessa agenda, mas com um diferencial: $ no bolso. Ainda não é nenhum $$$$ (como alguns amigos de turma que formaram comigo), mas está dando pra pagar o aluguel e o almoço de cada dia.

Eu disse acima sem muita alteração, porque a alegria da semana tem se restringido a um único momento de extravazar cansaço/tensão/raiva/frustração: o vôlei.

Quem acampanha das antigas sabe que eu sou um teimoso no assunto. E a (falta de) habilidade é compensada com muita vontade. Para os interessados, em jogar ou apenas assistir, todas as quartas, 19h, em Macaé, na Praia dos Cavaleiros, frente ao Picanha do Zé

Posted in macaé, trabalho, volei | Leave a Comment »

Mudanças

Posted by petlenep em março 24, 2008

Mudança. Palavra de grande impacto. Deixei de preencher estudante nos formulários. E fisicamente tb. Passo pela segunda mudança de casa em dois meses. Falta pouco, daqui a pouco volto a ter internet. I hope so.

Posted in Uncategorized | Leave a Comment »

Work Man

Posted by petlenep em março 13, 2008

Acabou. A faculdade acabou. Um monte que parecia intransponível foi galgado. Ufa!

Agora é o trabalho, né? Graçádeus, não demorei para conseguir emprego. Tenho esperança de em breve ter internet regularmente de novo. Aí eu posto mais.

Posted in Uncategorized | Leave a Comment »

Luz no fim do túnel

Posted by petlenep em agosto 7, 2007

Cof! cof! cof!, quanta poeira. Pra chegar ao ponto da Chuchu zuar meu blog de desatualizado, então é porque eu estou ruim mesmo. Ou, como dito no título do post anterior, virou bagunça.

Durante a breve existência deste blog o assunto mais recorrente aqui foi minha vida acadêmica. Como tentei não explanar minha vida familiar, meus principais relatos eram das descobertas da faculdade, as bagunças com os amigos, tais coisas. Mas o que acontece: os amigos se formaram e eu acabo de engrenar naquele que (fé em Deus) será o meu último período. Não queria que o blog acabasse, mas em parte ele vai morrer do jeito que o conhecemos. Sucumbindo a Darwin, ele se adaptará ao meio. Não será mais o blog da faculdade, mas o blog do que virá pela frente.

Só pra não ficar sem postar foto alguma, vai aqui um mico em família. Família que passa vergonha unida, permanece unida. Festa à fantasia.

Posted in Uncategorized | Leave a Comment »

Virou bagunça

Posted by petlenep em maio 10, 2007

3 meses sem rabiscar é tempo de mais. Nenhuma rabiscadinha pra contar história. Nem rola de contar tudo o que aconteceu nesse tempo, isso vem naturalmente. Só na última semana foi coisa à beça. Ou você não tem acompanhado os noticiários?

Blogar tem sido complicado. Último ano de faculdade. Estágio. Desinteresse pessoal para a coisa.

Mas vamos tentar mais umazinha. Imagem bucólica do dia: pôr do sol na Lagoa de Imboacica, no condomínio onde eu moro, em Macaé. Mas não fui eu quem tirou a foto.

Posted in Uncategorized | Leave a Comment »

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.